terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Preciso de meditar.

A conjuntura económica e social não simplifica em nada a minha mais imediata tarefa de fazer uma abordagem por escrito sobre técnicas comerciais, relação, motivação de equipas, concretização de objectivos etc. Como posso eu incorrer um discurso assertivo, proactivo, motivador e principalmente positivista no próprio dia da proclamação da recessão??? Alguém que me diga.
Se juntarmos a isso a minha, ultimamente, nula capacidade de concentração então pode dizer-se que estamos lixados.
O próximo passo, e diria mesmo que a minha unica salvação está em desligar as televisões, não ouvir rádio, ler apenas as 1ªas paginas dos jornais desportivos e das revistas cor de rosa e concentrar-me naquilo em que acredito. Nas pessoas.


"Os trabalhadores do conhecimento eficazes, segundo a minha observação, não começam com as suas tarefas.Começam com o seu tempo.E não começam com o planeamento.Começam por descobrir onde é que o seu tempo, na realidade, é gasto.Depois tentam geri-lo e diminuir as suas exigências improdutivas.Por fim, consolidam o seu tempo"não reservado para uma actividade em especial" nas maiores unidades contínuas possíveis.Este processo tem três etapas:

*Registar o tempo
*Gerir o tempo
*Consolidar o tempo

E é a base para a eficácia dos executivos."


Peter F. Drucker, in O essencial de Drucker

2 comentários:

purpurinaz disse...

Olha Susana, so te digo - agora é que vai so ser trabalhar! Vidinha social nenhuuuuuuma...

Ventoinha disse...

Somos duas.Mas calma.Respira...respira.Acho q vamos ter de ir para terapia.Alias iriamos se tivessemos tempo.ahhahahhaah